Montmartre - O bairro da boemia parisiense

Nessa nova postagem começarei meus relatos sobre Paris- A cidade Luz. Um dos três destinos mais visitados do mundo, Paris encanta, aventureiros, casais, solteiros, idosos e amantes de historia, artes e arquitetura. Iniciando nossa série de postagens sobre Paris irei falar sobre o charmoso Montmartre. Conhecido mundialmente por causa da dominante Basílica do Sagrado Coração (Sacré Cœur) o Montmartre é o bairro dos artistas e da boêmia de Parisiense. 
Montmartre - Paris
Pessoal precisando o Por-do-sol na frente da Basílica de Sacré Cœur - Montmartre.
Montmartre - Paris
Montmartre - Basílica do Sagrado Coração visto da torre Eiffel.
A origem do nome Montmartre remete a época galo-romano (Período de dominação romana sobre a Gália) quando o local era chamado de Mons Martis (Monte de Marte) devido ao templo dedicado a Marte o Deus da guerra construído no topo do morro. O antigo templo foi substituído no século VI pela igreja de São Pedro (Église Saint-Pierre de Montmartre) e por um convento Beneditino. Durante obras realizadas na igreja foram encontrados túmulos Merovíngias (1º dinastia francesa, clique aqui para saber mais) e construída a capela do Martyrium.
Outra historia sobre a origem do nome Montmartre (menos provável) diz que o nome é derivado de Mons Martyrum (Monte do martírio) em razão da lenda que diz que a atual capela do Martyrium na igreja de São Pedro foi o local onde Saint Denis e dois outros religiosos foram decapitados (martirizados) vitima da perseguição anticristã. Reza a lenda que Saint Denis pegou sua cabeça no chão e caminhou até a atual Basílica de Saint Denis pregando um sermão.
Cripta do Martyrium de Saint Denis - Montmartre - Paris
Entrada da Igreja de Saint-Pierre de Montmartre.
Eglise de Saint-Pierre de Montmartre - Paris
Entrada principal da  Igreja de Saint-Pierre de Montmartre.
Com a fundação do convento, os religiosos que aqui viviam iniciaram o cultivo de uvas para produção de vinho. Essa atividade é mantida até hoje pela prefeitura de Paris e todos os anos em Outubro há uma festa para a venda do vinho produzido no Montmartre, para mais informações sobre a fête des Vendanges (nome da festa) clique aqui.
Anteriormente ao século XIX, alem dos vinhedos cultivados pelos monges, havia muitas fazendas na região do Montmartre. Para ajudar nos trabalhos de moagem de grãos e fabricação do vinho alguns fazendeiros possuíam moinhos hoje ainda é possivel ver dois desses moinhos mas falaremos disso mais tarde.
Rue Lepic - Rua do Restaurante Le Moulin de la Galette.

Como chegar:

Metro- Essa é a melhor opção de transporte em Paris. A malha metroviária de Paris é excelente e te leva para qualquer lugar por 1,70 Euros, em qualquer guiche de metro é possível comprar tickets com validade de 1 dia (sem limite de viagens) por 6,80 Euros ou 5 dias corridos por 10,55 Euros.
Quem acessar o local de metro o ideal é pegar a linha 2 do metro (Porte de Dauphine - Nation) e descer na estação Anvers. Quem quiser conhecer um pouco mais o bairro e subir ao Montmartre pela parte de trás da Sancré Cœur pode descer estação Jules Joffrin da linha 12 e enfrentar as escadarias mostradas na foto abaixo. Mais informações sobre o metro de Paris e preços dos tickets clique aqui.
Papai e Mamãe fazendo ginastica nas escadarias do Montmartre.
Rua tipica do Montmartre - Lojas de Souvenirs, restaurantes e muitos turistas...
Durante o século XIX quando Napoleão III decidiu revitalizar Paris, grandes áreas foram cedidas aos financiadores do projeto e altos impostos passaram a vigorar na cidade de Paris. Essa dois fatores fizeram com que muitos moradores de Paris se mudassem para a periferia da cidade (Distritos de Clichy, La Villette e Montmartre) para fugir dos impostos. Durante esse período os distritos periféricos e principalmente o Montmartre sofreram uma transformação e tornaram-se o centro artístico de Paris. Dentre os artistas famosos que aqui viveram podemos citar os gênios da pintura Vincent Van GoghRenoirPablo PicassoClaude Monet alem de Molière, Edith Piaf entre outros. Ainda hoje o muitos pintores e artista de rua buscam inspiração nas ruas do Montmartre......
Montmartre - Paris
Musico nas ruas do Montmartre.
Lojinhas de souvenirs e pinturas de Paris - Montmartre - créditos da imagem.

O que visitar:

Place du Tertre- Centro do antigo vilarejo de Montmartre a Praça Tertre é um dos locais mais turísticos de Paris. A Praça rodeada de cafés e restaurante com os famosos terraces (local fora dos cafés ou restaurantes onde são colocadas mesas) ainda é o reduto de muitos artistas que montam aqui seus cavaletes, pintam e comercializam suas artes..
A Praça é também o endereço do primeiro Bistro parisiense o Café “La Mère Catherine” (1793). Reza a lenda que durante a invasão russa à Paris, os soldados russos sentavam no Café pediam uma bebida e gritavam bistro! bistro! que significa rápido em russo. O nome pegou!!!!
Montmartre - Paris
Pintores de rua na Place du Tertre.
Mur des Je t'aime - Localizado próximo ao metro Abbesses (linha 12) este muro idealizado por  Frédéric Baron foi inaugurado no ano 2000 e mostra a frase "eu te amo" é escrito em 311 idiomas e dialetos diferentes. 
Mur des Je t'aime - Montmartre - créditos da imagem
Museu do Montmartre - Rua Cortot com vista para os vinhedos do Montmartre é o endereço do edifício construído no século XVII que abriga o museu do Montmartre e que tambem  serviu de atelier de ninguém menos que Auguste Renoir que aqui pintou obras como "Bal du moulin de la Galette" e "La Danse à la ville". Atualmente o museu abriga uma coleção de fotos e pinturas que contam a historia do bairro alem de das ilustrações de Henri de Toulouse-Lautrec que eram usadas como cartazes publicitários nos cabarés do bairro. Dentre os cartazes mais famosos podemos destacar o feito para o Moulin Rouge mostrando a dançarina Louise Weber - "A Gulosa" inventora do Cancan Frances. O custo da visita do museu é de 9 Euros, mais informações acesse o site do museu clicando aqui.
Cartaz criado por Henri de Toulouse-Lautrec para o Moulin Rouge.
Espace Dalí - Localizado próximo a Praça Tertre o local abriga mais de 400 obras do artista Catalão Salvador Dali. Eu não visitei o local e não consegui achar o preço para visitar o espaço, mas para os amantes das artes de Dali que quiserem acessar o site oficial do museu clique aqui.

Rue Azais - Nessa rua que passa em frente a Basílica do Sacré Cœur não possui nenhum monumento importante, mas a vista aqui é fantástica, talvez o mais belo por do sol de Paris.
Montmartre
Por do sol visto do Montmartre - um dos mais belos de Paris.
Mirante da Rua Azais no Montmartre um pouco antes do por do sol.
Basílica de Sacré Cœur -  A Basílica dedicada ao Sagrado Coração inaugurada em 1914 foi resultado de uma promessa feita por Alexandre Legentil e Hubert Rohault de Fleury caso a França resistisse as investidas alemãs durante a guerra Franco-Prussiana (1870). Projetada pelo arquiteto Paul Abadie a Basílica romântica-bizantina foi inteiramente construída com pedras de travertino extraídas da região de Seine-et-Marne que garante a  a cor branca da basílica devido a dispersão do cálcio das pedras.
Primeiro de muitos lances de escadas da Basílica.
Fachada da Basílica do Sagrado Coração - Detalhes das estatuas equestre de São Louis e Joana D'Arc.
O acesso a igreja é gratuito e no interior podemos contemplar um mosaico de 475 m² (um dos maiores do mundo) mostrando Cristo ressuscitado, vestido de branco, os braços bem abertos, deixando transparecer um coração de ouro. Alem do interior da igreja é possível visitar a cripta e o Domo da Igreja com vista para toda Paris. Para conhecer mais sobre a basílica e ver outras fotos acesse o site oficial da basílica em português clicando aqui.
Mosaico no interior da Basílica do Sagrado Coração -Créditos da imagem
Montmartre - Paris
Fachada principal da Basílica do Sagrado Coração.
Moulin Rouge e o Pigalle -  Aos pés do Montmartre no Boulevad Clichy temos o cabaré mais famoso do Mundo, o Moulin Rouge. O cabaré fundado em 1889 por Josep Oller e Charles Zidler revolucionou a noite parisiense com shows de danças e humor acompanhados de muito Champagne. Os primeiros anos de funcionamento o local mesclava espetáculos com shows inspirados em atrações circenses. Nesta época Louise Weber - "A Gulosa" que dançava no Moulin Rouge inventou o Cancan Frances e fez a fama do cabaré correr o mundo.
Boulevad Clichy mundialmente conhecido por causa do Moulin Rouge
Hoje o Moulin Rouge ainda é um dos mais celebres cabarés do mundo, por sua sala de espetáculos já se presentearam nomes como Frank Sinatra, Edith Piaf e Liza Minelli. Quem quiser curtir um show acompanhado de uma bela garrafa de Champagne e desfrutando de um jantar de culinária francesa ira desembolsar entre 190 e 210 Euros. Quem quiser curtir o show com um Champagne e não jantar ira desembolsar aproximadamente 100 Euros. Para mais informações sobre reservas e espetáculos acesse o site oficial do cabaré clicando aqui.
Montmartre  Paris
Visita ao Moulin  Rouge
O bairro do Moulin Rouge não fica propriamente no Montmartre o nome do bairro é o Pigalle. Rodeada de bares e casas de espetáculos este bairro é conhecida por ser a região da boemia das prostitutas de Paris. Neste bairro repleto de sexshop e salas de cinema pornográfico os parisienses e turistas procuram "outras" opções de diversão. Se você estiver viajando em família e não quiser que seu filho veja foto de mulheres nuas evite visitar o Moulin Rouge durante a noite. 
Sexodrome - Sexshop proximo ao Moulin Rouge - A cara do Pigalle.
Quem quiser ler um relato de uma pessoa que viveu no Pigalle clique aqui e acesse o blog conexão Paris. Outro referencia que conta um pouco sobre a relação entre a região e a prostituição é a musica da Edith Piaf - Dans ma rue. Clicando aqui você ouve essa musica interpretada pela ZAZ.
O cinema também é uma boa referência, para conhecer um pouco do bairro recomendo os filmes: O fabuloso destino de Amélie Poulain ou Je t'aime Paris (no qual Walter Salles participou) alem da superprodução musical Moulin Rouge com Nicole Kidman.

O que e onde comer:

Por ser a capital em Paris é possivel provar pratos de todas as regiões da França. Ao longo das postagens sobre Paris irei falar sobre meus pratos preferidos.

Salmão defumado - Esse prato servido como entradas consiste em finas fatias de salmão defumado acompanhados de salada. Preço veja infos sobre o Deli's cafe.

Tartiflette- Prato tipico da região Haute Savoie esse é um prato de batata gratinada bacon e queijo Reblochon. Só de lembrar desse prato a boca já enche de água. Preço veja infos sobre o Deli's cafe.

Ratatouille - Essa receita do século XVIII é um preto de berinjela, tomate e abobrinhas. O preço do prato pode variar de 8 a 20 euros....

Kebab frites - Kebab é o nosso famoso churrasco grego. Aqui na rança a coisa é levada a sério, há diversas lanchonetes que servem o Kebab acompanhado de fritas a um custo de 5 Euros.

Deli's Café- Localizado ao lado da Basílica de Sacré Cœur na rue du Mont Cenis, 13 esse pequeno restaurante oferece menus por 13 Euros. Menu na França significa uma refeição onde será servida entrada + prato principal + sobremesa + café, Alguns lugares ou é servida a entrada ou a sobremesa. No dia que visitei o Montmartre com minha esposa comi salmão defumado de entrada, Tratiflette como prato principal e o café após a refeição.
Almoço no Deli's Cafe - Menu por 13 Euros
Le Moulin de la Galette - Hoje no Montmartre ainda temos dois moinhos remanescentes da época que o Montmartre possuia varias fazendas. Um desses moinhos foi transformado num restaurante chamado de "Le Moulin de la Galette" em homenagem o moinho do agricultor Debray que tentou resistir ao cerco russo ao Montmartre e foi crucificado nas pás do moinho.  Aqui não é o local mais barato para se comer quem quiser ver o preço dos pratos clique aqui e acesse o site do restaurante.
Moinhos do Montmartre - Paris
Restaurante Le Moulin de la Galette - Antigo moinho usado na moagem de grãos.

Brioche Dorée - Essa rede de fastfood frances oferece menus com sandwich + bebida + sobremesa por 5 Euros. Os sandwichs alem de muito saborosos são uma excelente opção para quem não quer perder tempo. Se quiser conhecer os lanches do lugar clique aqui e acesse o site da franquia.

Onde se hospedar:

Infelizmente não vou poder indicar nenhum hotel em Paris,eu fiquei hospedado uma unica vez na cidade próximo ao cemitério Pere-Lachaise e não achei o local grande coisa. Como o metro da cidade é muito eficiente mesmo hospedado longe do centro não será um problema visitar a cidade. Para procurar um hotel acesse o site do booking ou hihostel....

Usuários de Yahoo e netvibe, assine nosso FEED na barra lateral e fique sabendo de todas nossas atualizações. Semanalmente temos novidades!!!!!


Duvidas são bem vindas, postando uma duvida em nosso blog você esta ajudando outros viajantes como você....


Curtiu nossa postagem ou as fotos? Curta nossa pagina no facebook abaixo:


CONFIRA TAMBEM....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Passeie pelo mapa e confira todas nossas postagens clicando nos marcadores...