Saint Malo - A cidade dos corsários franceses.

Situada na chamada Costa Esmeralda (Côte d’Émeraude) - Bretanha, a cidadela de Saint Malo é conhecida como a capital do mar devido sua deslumbrante e milenar historia e/ou joia da Costa Esmeralda devido sua beleza. A cidade foi fundada no século 1 a.C. por Malouines  na ilha que hoje é conhecida por Ile D'Alet que no século 3 d.C. foi murada e transformada em guarnição que defendia um importante porto galo-romano construído na ilha. No século VI, um monge bretão vindo do País de Gales de nome MacLow ou Malo chegou a cidade e tornou-se bispo de Alet. Após sua morte o bispo foi enterrando onde hoje se encontra a cidadela que posteriormente recebeu seu nome.
Vista aérea da cidadela de Saint Malo em maré alta - crédito da imagem.
Durante a idade média, Saint Malo (Malouines) prosperou devido ao controle exercido no canal da mancha, ao forte comercio realizado em seu porto e a atividade de pirataria exercida por seus corsários (corsários são piratas que efetuam saques com consentimento real). Em 1700 as rotas comerciais dos corsários de St-Malo eram enormes, dentre os grandes feitos atribuídos aos Malouines podemos citar a descoberta e colonização das Ilhas Malvinas (1520) assim como a descoberta do Canadá pela esquadra comandada pelo corsário Jacques Cartier. Apesar dos Malouines serem orgulhosos e dizerem que não respondiam nem a França nem aos Bretões,  os corsários de St-Malo eram fieis ao Rei da França que usava seus serviços sempre que necessário.  
O Brasil também foi alvo de interesse dos corsários de St-Malo que visitaram nossas terras pela primeira vez em 1534. Em 1711 sob o comando do almirante René Duguay-Trouin os corsários de St-Malo atacaram a baia de Guanabara e chegaram a construir um forte na atual ilha de Villegagnon na tentativa de estabelecer aqui uma colônia chamada França Antártica.
Quebra mar - Divisão entre o porto e o balneário
Vista da cidadela de St-Malo a partir do quebrar-mar que protege o porto da cidade.

Como chegar:

Carro- Quem estiver de carro, o mais rápido é seguir até a cidade de Rennes. A partir de Rennes, basta seguir 70 km pela rodovia D137. A única exceção para quem optar por esse meio de transporte é para viajantes que estão no Mont Saint Michel que devem seguir pela N175 e N176 e não passar por Rennes.

Trem- Quem não tem carro, o trem é a opção mais rápida. Saindo da Gare de Rennes o tempo de viagem pode variar entre 40 minutos a 1 hora assim como o preço de 14 a 17 Euros o trajeto. Para fazer a reserva/comprar seus bilhetes, acesse o site da SNCF, a cia de trem francesa clicando aqui.

Ônibus- Quando morei em Rennes, havia uma opção de ônibus direto para St-Malo, mas agora consultando o site da rodoviária de Rennes não achei mais essa opção. Talvez valha se informar diretamente no local e perguntar sobre a linha 8a. Para acessar o site da rodoviária de Rennesclique aqui.

Barco- É possível chegar a St-Malo de por Ferry saindo da Espanha, Reino Unido ou de outras cidades francesas. Quem quiser usar uma dessas opções, segue o site da empresa Brittany Ferries, uma das opções de empresas que operam na cidade. 
Saint Malo
Gare de Rennes - Melhor opção para chegar ou sair da Bretanha

O que visitar:

Intramuros- O centro histórico de St-Malo é chamado de Intramuros por estar dentro das muralhas da cidadela. A cidadela começou a ser construída em 1146 quando Jean de Chatillon Bispo d'Alet transfere a sede episcopal para a ilha próxima a Alet e ordena a construção das muralhas de proteção e torres de defesa. Já no século XVII a fortificação foi aumentada a mando de Louis XIV por Siméon Garangeau com base num projeto feito pelo arquiteto militar Vauban. Nesta ampliação, o arquiteto instalou peças de artilharia nos bastiões, construiu os edifícios que serviram de quartel general e alguns fortes em ilhas próximas a cidade que faziam parte do sistema defensivo da Bretanha.
St- Malo - França
Porte de Saint Vincent - Um das entradas da cidadela de St-Malo.
Ao acessar os intramuros é possível caminhar pelas ruas de St-Malo e deslumbrar edifícios/arquiteturas de diferentes épocas. Alem da belíssima arquitetura, os visitantes podem subir nas muralhas para deslumbrar a vista da costa esmeralda.
St-Malo
Muralhas de St-Malo - Arquiterura Vauban.
Museu da história de St-Malo - Localizado dentro do castelo de St-Malo, o museu foi criado em 1838 para guardar pinturas e retratos de personagens ilustre da cidade e contar um pouco a historia da França e de St-Malo. Após a 2º guerra mundial e com parte das pinturas destruídas durante a retomada da cidade pelos aliados, o museu passou a abrigar uma coleção de itens que conta a história através de patrimônios marítimo. Dentre os itens expostos temos peças usadas na construção naval, na pesca de bacalhau e guerras. O preço para visitar o museu é de 6,00 Euros, quem quiser visitar o site oficial do museu e ver algumas peças da coleção clique aqui.
St-Malo - França
Vista do castelo de St-Malo fora dos muros da cidade.
St-Malo - França
Entrada do castelo de St-Malo - Atual prefeitura e museu de história.
Fort Nacional - O antigo Fort Royal (forte real) também foi construído a mando de Louis XIV (projetado por Vauban) em 1689 para ser um bastião de St-Malo e peça chave do sistema defensivo da região. Em 1693 o forte foi o principal responsável pela resistência de St-Malo contra a investida Anglo-holandesa que já haviam dominado o Fort La Latte, o Fort de la Conchée e a ilha de Cézembre acabando de vez com as investidas holandesas na região.
A visita ao forte acontece todas as horas (com a maré baixa) e são feitas acompanhadas de um guia que irá contar a história do local e mostrar as principais inovações militares da época. O preço da visita é 5 Euros, para mais informações e/ou realizar uma visita virtual clique aqui e acesse o site oficial do forte.
St-Malo - França
Forte Nacional - Acesso feito pela praia quando a Maré esta baixa.
St-Malo - França
Forte Nacional completamente ilhado na maré alta.
Catedral de Saint-Vincent - A catedral romântica foi sede episcopal da região passou por muitas transformações desde inicio da sua construção no século X até sua restauração após a 2º guerra mundial. A Catedral com sua imponente e única torre construída em estilo neo-clássico a mando de Napoleão III, abriga o tumulo de Jacques Cartier e possui uma coleção de vitrais que mostram cenas da história religiosa da região .
St-Malo - França
Torra da catedral de São Vicente vista do lado externo da cidade - credito da imagem.
Mémorial 39/45 - Durante a 2º guerra mundial, Hitler ordenou a construção de uma linha defensiva repleta de bunkers que ficou conhecida como a muralha do Atlântico e defenderia o continente Europeu desde fronteira franco-espanhola até à Noruega. Um desses bunker construídos em St-Malo foi transformado em memorial/museu de guerra onde a visita guiada e custa 5 Euros
St-Malo - França
Entrada do Bunker - Memorial 39/45 - Ilê d'Alet
Nesta visita guiada o turista assiste a um vídeo em francês que conta como foi a retomada de St-Malo pelas tropas aliadas e a tomada da Ilha de Cezembre (Maior bombardeio da 2º guerra mundial em numero de bombas por m²). Após o vídeo, os visitantes descem no Bunker protegido por um teto de 10 metros e concreto e aço e visitam as principais instalações do local como sala de comunicação, quartos e pontos de artilharia. Cada sala esta decorada com fotos, moveis, armas e documentos que recriam a atmosfera da 2º guerra. Quem gosta de 2º guerra mundial, não deve perder a visita.
St-Malo - França
Marcas deixada durante a 2º guerra mundial
Praia de St-Malo - Não sei se essa informação será muito útil para brasileiros, mas St-Malo também é procurada por suas praias que apesar de belas são muitos frias. Quem não quiser curtir um banho de mar, pode aproveitar o dia sol e ficar admirando a vista e as marés. 
St-Malo - França
Plage du mole vista das muralhas de St-Malo.
As marés nesta parte da França são impressionante em 10 ou 15 minutos o que era uma praia se transforma em mar. Na praia do bon secours foi construída uma estrutura que represa a água do mar durante a maré alta e se transforma em uma piscina durante a maré baixa. As fotos abaixo mostram a piscina durante a maré baixa e a maré alta.
St- Malo - França
Piscina de água do mar cheia durante a maré alta- credito da imagem.
St-Malo - França
Piscina natural completamente submersa durante a maré alta.
Passeios de Barco - Em St-Malo é possível contratar passeios de barcos. Com diversas opções de passeios que podem durar de 30 minutos a 3 horas essa é uma boa alternativa para quem vai ficar mais tempo na cidade e pretende conhecer os fortes nas ilhas próximas a cidade ou conhecer o litoral bretão. Quem quiser ver os preços e roteiros de passeios clique aqui para acessar o site da cia corsário, uma das empresas que operam no local.
St-Malo - França
Cap Frehel- Uma das opções de passeio de barco.
Tempestades de St-Malo- Muitas pessoas vão a St-Malo em períodos de chuva, em geral esses turistas vão assistir a fúria do mar. Apesar de nunca ter visitado a cidade num dia assim, confesso que vontade não faltou. Quem quiser ver um vídeo de uma tempestade em St-Malo clique aqui para acessar o vídeo no youtube.
St- Malo - França
Tempestade em St-Malo, ondas gigantes invadem a cidade- credito da imagem.
St-Malo - França
Praia próxima ao fort nacional - Troncos de madeira usados como quebra-mar em dias de tempestade

Aquário de St-Malo - Outra opção muito famosa em St-Malo é o Grand Aquarium. Eu pessoalmente não visitei o local, mas fica a dica para os amantes da vida marinha. Para mais informações clique aqui.
Grand Aquarium de St-Malo
Outros museus - Alem do museu de história e do memorial 39/45 a cidade ainda tem como opção o museu marítimo, o museu Jacques Cartier com objetos pessoais do navegador e o museu Tour Solidor e mostra uma coleção de objetos e instrumentos usados na travessia do cabo Hornier feita pelos corsários de St-Malo. Todos os museus de St-Malo custam 6 Euros, no entanto é possível comprar um ticket por 11 Euros que da acesso a 2 museus + o memorial 39/45. Quem quiser outras informações sobre St-Malo pode clicar aqui e acessar o site oficial da cidade.
St-Malo - França
Tour Solidor - Museu dedicado a conquista do cabo Hornier.

O que comer:

Galettes bretonnes - Um prato cuja a aparência lembra um crepe (os crepes aqui são doces) é o mais famoso prato Bretão. O tradicional Galette bretão (Galette complète) vem com presunto, queijo gruyère e um ovo quase cru sobre o recheio. Apesar de parecer um pouco estranho esse ovo quase cru, não deixe de experimentar essa especialidade regional. Caso a historia do ovo seja muito para você, há outras opções de Galettes como por exemplo Galette au champignon. O preço de um galette varia de acordo com a casa que podem variar de 8 euros a 20 euros.
Culinária de Rennes
Famoso crepe bretão.[1]
Frutos do Mar - Devido a proximidade do mar, frutos do mar são muito consumidos aqui. Um dos pratos mais comum é o de Batata frita com Marisco (Moules frites) onde o preço do prato pode variar de 8 a 18 Euros. Outro prato muito apreciado aqui são as ostras que podem ser compradas por 1 Euro cada.
Saint Malo
Ostras servidas como entrada no almoço.

Usuários de Yahoo e netvibe, assine nosso FEED na barra lateral e fique sabendo de todas nossas atualizações. Semanalmente temos novidades!!!!!


Duvidas são bem vindas, postando uma duvida em nosso blog você esta ajudando outros viajantes como você....


Curtiu nossa postagem ou as fotos? Curta nossa pagina no facebook abaixo:

CONFIRA TAMBEM....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Passeie pelo mapa e confira todas nossas postagens clicando nos marcadores...